blogue

23/06/14

Devolver recordações

Todos nós conhecemos aquela sensação de abrir um álbum antigo de fotos. Sorrir ao ver retratos de vários anos atrás, pensando no tempo que passou entretanto. Esse tempo que fica gravado no papel e na alma, mas que nem sempre está nítido na memória. 
 
Nos Estados Unidos, o fotógrafo Tom Hussey criou uma coleção intitulada “Reflections” (Reflexões) e que consiste numa montagem entre fotos atuais de pessoas idosas e os seus retratos antigos do quotidiano. As fotografias fazem a comparação entre o antes e o agora através de um espelho. 
 
Tom contou ao El Mundo que a ideia surgiu quando conversava com o pai de um amigo e este lhe contava que não percebia como poderia ter 75 anos se, quando se olhava ao espelho, lhe parecia que tinha apenas 26 e que tinha acabado de chegar da Segunda Guerra Mundial, onde havia combatido. Uma das fotos mais marcantes mostra um bombeiro reformado que, ao olhar-se no espelho, vê o seu reflexo fardado como há 40 ou 50 anos atrás.
 
 
Ou nesta, por exemplo, em que um idoso segura tranquilamente uma caneca de café enquanto olha para o seu reflexo dos dias em que trabalhava num laboratório com uma proveta na mão.
 
 
A ideia foi entretanto utilizada como uma campanha para a comercialização de um fármaco destinado a combater o Alzheimer. 
 
Aqui vos deixamos algumas das imagens resultantes. O que vos parece como estratégia de sensibilização para o crescente problema da perda de memória? Gostariam de ser fotografados assim? Que situações do vosso passado gostariam de relembrar num retrato destes?